Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SE EU FOSSE UM ANJO!

Sempre quando venho aqui,
Escuto de você, palavras amargas, ruins,

Espero, espero em vão...
Uma palavra terna, um pouco de carinho.

Posso sentir suas insatisfações,
Uma atrás das outras,
Dando risadas, dificultando a toa,
E ainda, fazendo-se de inocente.
Sempre que estou aqui,
Seus sorrisos desaparecem,
Entram rosto adentro.

Queria ser um anjo,
Um desses de asas bem cumpridas,
Entrava em sua mente,
Roubava um sorriso, um só que fosse,
Intrometia-me em sua frente,
Ainda que não quisesse.

Sem um motivo aparente,
Entregava-te o sorriso roubado,
Recolocava-o em seus lábios.

Um sorriso só,
Mas que fosse suficiente!

Anjo quando ama,
Ninguém dele escapa,
Juras de amor, me faça,
Ontem, hoje e sempre!





EU PARTICIPEI DA MARATONA DE ACRÓSTICOS,
VENHA VOCÊ TAMBÉM!













paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 27/01/2006
Reeditado em 23/03/2006
Código do texto: T104764

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470834 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:34)
paulo cesar coelho

Site do Escritor