Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARIO QUINTANA

M omentos, imaginação, pensamento,
A tuam na criatura e no criador...
R abiscos de palavras amontoadas,
I nspiram o Poeta relutante,
O caminho que deve percorrer.

Q uizera ser dele uma centelha,
U ngido das prenhes do poetizar
I ncipiente no trato dos meus devaneios,
N ecessidade de quem quer expressar-se.
T erei na lembrança o que aprendi do Poeta,
A ncoragem segura para o meu versejar...
N esga de versos sem rimas que calam,
A mores perdidos nas noites sem ais.
WILSON FONSECA
Enviado por WILSON FONSECA em 25/02/2006
Código do texto: T115863
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILSON FONSECA
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 67 anos
193 textos (18090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:37)
WILSON FONSECA