Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE DELÍCIA DE PESSOA!

Quero poetar hoje, para uma musa linda,
Uma pessoa muito querida,
E mesmo a conhecendo pouco, pude notar que,

Durante nossa pequena convivência,
Estava mesmo diante, de uma pessoa maravilhosa,
Luz que brilha sob a forma de poesia,
Irreverente conta de um jeito diferente,
Coisas que todo mundo senti. Algumas vezes
Impróprias para menores de dezoito anos. Sei não...
Ainda bem, que no recanto tem, poetisas assim...

De poetisa, a mulher revela-nos sutilezas,
E nos detalhes, viajamos atentos em seus momentos.

Para mim, o que fica mesmo, é sensibilidade da pessoa,
O que estou referindo-me agora, não é da formosura do corpo,
E sim a beleza da alma, da Vivivane. Com aquele jeito de
Tarada, irreverente, bem humorada,
Ícone do nosso Recanto, se eu pudesse, acariciava,
Seu sorriso assanhado, debochado, levava pra qualquer canto,
Abraçava-o, beijava tanto...E enchia seu coração de felicidade!




EU PARTICIPEI DA MARATONA DE ACRÓSTICOS,
VENHA VOCÊ TAMBÉM!


paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 01/03/2006
Reeditado em 23/03/2006
Código do texto: T117307

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2587 textos (469472 leituras)
57 áudios (6063 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:59)
paulo cesar coelho

Site do Escritor