Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASTRO ALVES ( 1847 – 1871 )

C*astro Alves
A*mante do belo
S*eus versos são presentes para a humanidade
T*rabalhador a serviço do sentir
R*olaram pérolas de sua alma
O* seu sentir era primoroso

A*mor explicito em verso e prosa
L*iberdade de sentimentos
V*aloroso brasileiro, visão avançada
E*scancarando toda a liberdade de expressão
S*erás sempre lembrado no coração de todos que tem sentimentos

***

14/03/06 - Dia da Poesia em homenagem ao nascimento de Castro Alves

Principais Obras de Castro Alves

Gonzaga ou A Revolução de Minas
Os Escravos
Hinos do Equador
A Cachoeira de Paulo Afonso
Espumas Flutuantes 

Clik no link abaixo e saiba mais sobre Castro Alves

www.vidaslusofonas.pt/castro_alves.htm

***

Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö"

Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 14/03/2006
Reeditado em 08/05/2012
Código do texto: T123116

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146138 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:03)
Dama De Negro