Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VICTORIA MAGNA!



Vendo uma flor pra você,
Inscrito lá no seu atelier poético,
Compreendi de pronto, se
Tratar de uma pessoa linda.
Os seus poemas, o seu jeito de ser,
Rimas perfeitas com a poesia de tua vida,
Imperfeitas que sejam ainda...
Alma plena, iluminada!

Minha intuição é aguçada e
Aparece-me como Rainha,
Gostaria que soubesse, que tu és aquela flor,
Na tua escrivaninha que delicadamente nos oferece.
Andando, passeando por tuas obras,

Nas linhas de tua sabedoria...
Assim vai a Victoria, compondo, tocando
O piano, o teclado...

Escrevendo sua estória!

A escritora, autora de quatro livros,
Troféus de seu ardo trabalho, escreve para
Os jovens, adultos e crianças e desperta,
A esperança nas leituras dos esperantistas.

Que Deus é sábio, todos sabemos. Faz de uma dor,
Um sentimento altivo, belo...
E foi assim, minha linda poetisa que,

Teu caminho foi trilhado,
Estradas de flores amenizando dores,
No caminho de tua escola.
Seus sonhos, sua vontade de viver,

Estarão sempre nos presenteando.
São tantos seus ensinamentos,
São tantos os seus carinhos que,
Estaremos todos,

Nos sentindo agraciados,
Orgulhosos, de ter podido um dia, ser
Merecedores de sua companhia. Que Deus
Esteja sempre contigo!




Eu estou concorrendo a maratona de acrósticos,
Vem você também!

paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 24/03/2006
Reeditado em 24/03/2006
Código do texto: T127841

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (469925 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:05)
paulo cesar coelho

Site do Escritor