Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha alma poeta

Minha alma poeta é sem barreiras;
Invade a noite, ao canto da sereia;
Não respeita toda e qualquer fronteira;
Horizonte efêmero como dunas de areia.
Assombra o tempo, por ser eterna;
Alivia o espírito de quem tem dor;
Liberta o calor da chama interna;
Majestosa maestria como o vôo do Condor.
Ao desnudar a natureza humana;
Purifica o pó da Gênesis da matéria;
Ostenta o sopro que a vida emana;
Expurga as prisões da mente insana;
Transforma e energia do Ser etéreo;
Aura divina de teor arcano.
                   Aline Cristina Calçada de Oliveira

     Eu estou correndo a maratona de acrósticos vem comigo!
Foca
Enviado por Foca em 26/03/2006
Reeditado em 27/03/2006
Código do texto: T128821
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Foca
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 34 anos
1115 textos (70712 leituras)
7 áudios (716 audições)
3 e-livros (156 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:47)
Foca