Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAFÉ COM SEDUÇÃO!

Sempre quando vou trabalhar pela manhã,
Eu passo pela praia, uma praia muito linda por sinal,
Dou uma olhada, nas moças que passam,
Uma, chama sempre minha atenção, passa
Com sua malha apertada, mostrando as curvas,
As entradas, coisa muito linda de se ver!
Olhando todos os dias pra ela, fui conhecendo alguns detalhes.

No balanço dos seus passos,
O sorriso de menina,

Coisa assim de outro mundo,
Aquela moça andando na praia, mas hoje algo a mais aconteceu,
Fui, nem sei porque, tomar um café numa confeitaria,
É um lugar muito simpático, com delícias e muito charme...

De repente passa na calçada, a linda moça da malha,
Agora era só torcer os dedos, ainda bem que deu certo,

Meio que desconsertada, entra sem jeito, que bobagem...
A moça não sabia, que seria a alegria de muitos, sentou-se,
Nas mãos segurava um lenço, pediu uma água, há alguém, perguntou a
Hora, eu já estava com o coração na mão e pensei tem de ser
Agora, aproximei-me pedi emprestado o adoçante, ela

Com sorriso desconcertante, entregou-me dois envelopinhos,
Olhou assim, rapidamente em meus olhos, eu
Mais que depressa, antes que algum aventureiro, se apossasse dela,

Aproximei-me mais ainda, sem ser inconveniente é claro, e

Convidei-a para um café, sorriu, não tomo café, rapidamente
Outra coisa ofereci, um suco talvez, ela disse que sim... Que sim!
Impressionante como era linda! Parece mentira, parece bobagem, mas,
Sempre quando vou pro trabalho, passo de carro pela praia,
A minha manhã fica mais bonita, quando você passa!

Mas, como assim, disse ela meio que
Assustada, eu te vejo sempre,
Isso mesmo, já até comentei com alguns amigos
Sobre você e hoje perdi o fôlego, quando você aqui entrou.

Lá na praia, você está sempre muito concentrada e eu ficava
Imaginando, qual nome teria a princesa das manhãs de sol,
Não pude deixar de notar, um sorriso curto, em seu rosto lindo.
Deixa eu te dizer, meu nome é engraçado, nome de índia,
Assuscena, por favor, não ria... Parecia uma

Deusa, uma índia, em perfeito equilíbrio com a natureza,
Aquele café rendeu mais de uma hora.


Parecia que a conhecia a muito, senti ela também mais
Relaxada, trocamos telefones, quando quase que,
Ao mesmo tempo, dissemos... Amanhã de manhã,
Iremos nos encontrar outra vez, eu tomarei um café, você uma
Água, um suco de laranja talvez. Maneira boa de se começar o dia!






EU PARTICIPEI DA MARATONA DE  ACRÓSTICOS,
VEM VOCÊ TAMBÉM!


paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 28/03/2006
Reeditado em 28/03/2006
Código do texto: T129840

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470955 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:32)
paulo cesar coelho

Site do Escritor