Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                          A N A M A R I A

As ondas vagueiam calmamente,
Num silêncio profundo, inconsciente.
A lua já espalha seus raios cintilantes,

Mar adentro, errantes.
As estrelas tentam loucamente
Roubar a luz da lua e de repente,
Iluminarem todo firmamento.
Atroz, a lua se impõe sem receio.

Debruçado em meu silêncio,
Espero uma estrela que não veio.

Me toca a solidão, a incerteza,
E diante desse palco de beleza,
Distante vai o pensamento,
E a tristeza me corrói por dentro,
Ignorando essa saudade que já sinto.
Rebenta fulminante os raios do sol,
Ofuscando meus olhos no arrebol.
Saudade da noite, já é dia,
................. Saudades de ti, Ana Maria!

                Lima / abril/2006
limavitoria
Enviado por limavitoria em 02/04/2006
Reeditado em 27/07/2006
Código do texto: T132486
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
limavitoria
Vitória de Santo Antão - Pernambuco - Brasil, 66 anos
70 textos (12451 leituras)
10 áudios (244 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:41)
limavitoria