Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

             VERSOS PARA NÁDIA

N o jardim da Primavera tão florida,
A parecestes minha bela Margarida,
D engosa qual uma gata sismadora;
I nvejada pela flor mais sedutora,
A ngelical, desnuda, atrevida.

S ublime é teu perfume, que embriaga,
I rrequietas abelhas que te beijam,
L erdos colibris que te desejam.
V em o sol numa ânsia desvairada,
A cariciar tuas pétalas douradas,
N a ilusão de te levar embora,
A o arrebol, cantinho onde ele mora.

R etratar-te neste poema como uma flor,
I nfinita beleza que me inspira,
B ela qual os olhos de Potira,
E scudeira dos meus versos de amor.
I maginando-te assim tão delicada,
R ecordo de ti, oh minha amada,
O vante por te amar com fulgor.

                      Lima

limavitoria
Enviado por limavitoria em 19/04/2006
Reeditado em 01/08/2006
Código do texto: T141779
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
limavitoria
Vitória de Santo Antão - Pernambuco - Brasil, 66 anos
70 textos (12448 leituras)
10 áudios (244 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:39)
limavitoria