Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

soninha

 Se você tivesse agora
 Olhando no meu olhar
 Não iria mais embora
 Insistiria em ficar
 Até o raiar da aurora

 Ainda que eu tentasse
 Parar de pensar em tí
 A minha alma voasse
 Rasante como o colibrí
 Esquecer,não esqueceria
 Como foi gostoso o dia
 Igual quando te conhecí
 Doces lábios que me encanta
 A minha alma acalanta
 
 Lábios de favo de mel
 Os seus beijos me vicia
 Poem-me na porta do céu
 Estrela que brilha de dia
 Sem perder a maestria

 Onde está nesse momento,
 Longe ou perto de mim?
 Invadiu meu pensamento
 Veio me deixar assim
 Em estado de tormento
 Inquieto,aflito,enfim
 Respeite este sentimento
 Aceite voltar pra mim.
 
nomade
Enviado por nomade em 24/05/2006
Código do texto: T162039
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
nomade
Cerejeiras - Rondônia - Brasil, 40 anos
19 textos (1144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:02)
nomade