Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JOSÉ MILTON

J eito de criança ele mantém
O sempre jovem mano caçula
S eja lá qual a idade que tem
É assim, ninguém a calcula

M esmo sem poder lhe abraçar
I sto o farei sem mais demora
L embro-me sempre de desejar
T udo de bom, a qualquer hora
O s versos são para festejar
N ada mais posso enviar agora

[dedicado ao meu irmão José Milton que hoje (26/05) aniversaria e para quem desejo muitas felicidades]
Aldo Lopes
Enviado por Aldo Lopes em 26/05/2006
Código do texto: T163095

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Aldo Lopes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Lopes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 60 anos
416 textos (37921 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:25)
Aldo Lopes