Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha filha Lis

MEU TESOURO, MINHA FLOR

INQUIETA BORBOLETA, QUE

NESSE JARDIM MULTICOR

HUMANIZA O PLANETA!

AH, PUDERA EU DAR-TE O MUNDO,

FELICIDADE, ALEGRIA E ESPERANÇA

ILUMINAR SEU CAMINHO, SEU SORRISO DE CRIANÇA.

LÁGRIMAS NOS POVOAM A FACE,

HOJE NÃO SORRIMOS ENFIM,MAS O

AMANHÃ COM CERTEZA,

LEVARÁ A TRISTEZA E TRARÁ O JASMIM!

INSTANTES TRISTES, MOMENTOS INFELIZES SE VÃO...

SORRISOS E ALEGRIAS CHEGARÃO!

À minha filha querida, "LIS", Flor de minha vida doída, que completou 10 anos dia 27/06/2006.
Flor de Lis, símbolo da Inquisição, da dor e do sofrimento de muitas mulheres que foram tidas como bruxas, numa época em que transgredir as leis dos homens que achavam que eram a personificação de Deus, tinha como castigo ser queimada viva numa fogueira.
Você, minha filha querida, representa pra mim o símbolo da força e da coragem, dessa mãe guerreira, que enfrenta o mundo pra defender sua prole!
Te amo muito! Me desculpe pelo sofrimento que eu sei, vai passar!
Cláudia Marques
Enviado por Cláudia Marques em 29/06/2006
Reeditado em 26/08/2006
Código do texto: T184256

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Marques
Cruzeiro - São Paulo - Brasil, 42 anos
232 textos (153551 leituras)
2 e-livros (107 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:01)
Cláudia Marques