Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Epónimo (1)

Epónimo (1)

o nome do rio da tua cidade, cresce onde a mão
se separa da outra mão e avança obliqua no sol
a planta do mar é um rio de metal no teu corpo
cademus , hecademus, o sol prolonga-se no
povo da tua cidade a tua língua é o corpo que
desenha a minha geografia como um roteiro, a
tua língua escolhe as alfaces e os coentreos secos
a tua língua procura a terra minha, o meu corpo de
terra lavada como a face e os olhos frente ao sol,
o circo do soleil persegue-me na minha aventura
diária, sou o meu equlibrista de trapézio em trapézio
as minhas mãos exploram o teu corpo entre os legumes
e frutas já vibra a água doce do agitar das mariposas

José Gil

_____________________________________

Do grego eponomos, de epi,sobre e anuma nome.designa “aquele que dá o seu nome a qualquer coisa – todo o epónimo pode ser patronímico (nome, apelido, pseudónimo, alcunha
José Gil
Enviado por José Gil em 24/07/2006
Código do texto: T200739
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Gil
Portugal, 63 anos
23 textos (954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:11)