Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despedida

Quanta suavidade encontramos nas flores,

e suas cores nos envolvem

provocando-nos um estado de quase fascinação...

Hum... e nos deixamos guiar pela imaginação,

saboreando o cenário multicolorido que elas nos oferecem.

A natureza em sua simplicidade

atua em nosso mundo interior

valendo-se de sua beleza. O encantamento

enlaça-nos facilmente, porque

a mesma beleza que existe nela

encontra-se dentro de nós.

E porque a reconhecemos somos capazes

de nos identificar com ela.

A madrugada traz o sussurrar derradeiro da noite

que guarda o segredo dos tempos.

Olhando pela janela de meu escritório

meus sentidos se fartam na beleza

que o céu apresenta.

Presenteia-me os olhos... e embevece o coração!

Quanto mais aprecio a natureza mais reverencio

o Arquiteto do Universo...

Sentindo meu espírito sintonizar-se de tal modo com tudo

não tenho dúvida alguma

que sou parte integrante desta

maravilha que é a Vida!

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 25/07/2006
Código do texto: T201275
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215184 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:01)
Priscila de Loureiro Coelho