Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia dos escritores

De quando em vez co'a pena à mão

Inventamos, criamos, compomos o belo

Amor...



Depois, lançamos ao vento e no

Oculto Recanto, apaixonados (as)

Silenciosamente,



Elegem como a sua estória e no

Silêncio da tua alma, embriaga-se o

Coração,

Revive nossos momentos

Inventam sonhos e

Também poetas o são...

Operam as entranhas da flor do lácio

Repartem os sentimentos que nos faz

Escrever, escrever, escrever...

Simplesmente!!! escrever.
Silva Neto
Enviado por Silva Neto em 25/07/2006
Código do texto: T201626
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Silva Neto
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 43 anos
117 textos (33530 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:47)
Silva Neto