Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Ao Poeta Sady Mac


S aio ao amanhecer a contar estrelas no firmamento até que os primeiros

raios lânguidos do sol espargem as trevas e o dia se enche de cores.

A vida é feita de dores e amores, mas o romantismo persiste, não se abate

ante as vissitudes diárias, o poeta enche nos de sonhos e odores.

D e Uruguaiana parte a mensagem dos amantes, dos crentes e tolerantes,

a fé do amor, secundada por infinda entrega e devoção...

Y in e yan, o certo e o errado, o direito e o esquerdo, o princípio e o fim,
claro e escuro, a ação e a intenção interagindo na paixão.

M inuano mensageiro a soprar para o infinito a criação inspiradora desse
poeta dos pampas, levando calientes afagos aos corações apaixonados.

A migo e companheiro, jornadeador de querências várias, traz a luz de sua bon
dade, da alma limpa, a campear sobre vencedores e derrotados.

C om pena de traço esmerado lança poesias ao vento, colorindo pensa
mentos, alimentando fantasias, enaltecendo corações abençoados.
A ti poeta, nós os amantes da poesia e todos os apaixonados, te
rendemos glórias pelo romantismo e lirismo sempre bem traçados.





GDaun
Enviado por GDaun em 14/08/2006
Código do texto: T216062

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43024 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:56)
GDaun