Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Andarilho

                                                    ANDARILHO                                                     Magela Arruda                                                             2006

Andarilho onde andarás
Vem no meu açude pescar
Que saudade sinto de ti

Sei que jamais voltarás
A saudade é grande e doída
Do meu peito não te afastarás

Como sinto tua partida
Lamento as ofensivas
Tempo que perdemos...
Juntos.

Quantos momentos legais
Vivemos e interagimos
Não se repetem
Nunca mais.

Adeus, adeus, adeus.
 Adeus
Magela
Enviado por Magela em 04/10/2006
Código do texto: T256172
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Magela
Fortaleza - Ceará - Brasil, 71 anos
24 textos (555 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:25)