Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




Negra sim e dái??????

E exorto nestas parcas linhas a minha e a sua negritude!
U uns dirão marketing no dia da Conscientização, não não...

S saibam meus irmãos, sou preta todo dia e vou resumi,
O ontem nossos irmãos, não tinham direitos a parlação,
U uns nos troncos morreram! Ah! Lembro Zulu e Zumbi.

N nas canções que a mim ensinaram pregando nossa união
E ergo a bandeira em nome da Liberdade e o direito de ir
G galgando montanhas íngremes, não temo a discriminação...
R rogo glorificando minha raça Negra ,pra Palmares aplaudir
A amando a cor de minha pele, meus cabelos não negam não...

S sinto dó dos que renegam o irmão branco preto amarelo!
I instituindo a EXCLUSÃO, digo em versos outros dirão
M mulata a mestiça, poetisa os ancestrais, pregando o elo.

E Eu não cultuo as diferenças, sou Negra sim e daí ????????

D de onde vim muitos “brancos” vieram e mascaram o existir,
A apontem-me nesse país, quem da senzala o pé não trouxe...
I indiquem-me quem de nos na alma diz não a cor desse elixir...

“Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
19/11/2006 


Leitura recomendada  " CONCIÊNCIA"
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 21/11/2006
Código do texto: T297336
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65351 leituras)
50 áudios (9715 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:31)
Deth Haak