Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACRÓSTICO SUPLICANTE

Mandingas de amor, para mim fizestes
Ardendo velas na matriz da cidade
Remoçando, em mim, o fogo do desejo
Louco, padeço de paixão insaciável.
Inda que morra; morrerei de felicidade.

Feiticeira dos meus sonhos
Receba-me. Suplico-te: tenha piedade
Ando carente da tua doce magia
Nos lençóis, a noite é amarga e fria
Cavo de amor, grito teu nome.
Ouça-me! Já não suporto tanta saudade.
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 17/08/2005
Reeditado em 13/09/2006
Código do texto: T43288
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:05)
Antonio Virgilio Andrade