Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha Última Lágrima

Melhor seria se eu pudesse ver;
Intuição não faz muito sentido.
No escuro, todos são iguais.

Havia quem me guiasse.
Amigos nunca faltaram;
Único momento de alegria.

Letal é a certeza do vazio.
Todos sentimos isso um dia.
Imponente é o estado de defesa,
Mazela natural de qualquer ser vivo.

Aparece uma poça:
Lágrimas por mim derramadas.
Através delas, me compadeço.

Gritaria se tivesse voz;
Ressurgiria das cinzas se tivesse forças.
Impressionante é o fim quando está próximo...

Minha última lágrima,
Amorteça todo o meu sentimento.
Lorrayne Renho
Enviado por Lorrayne Renho em 03/09/2007
Código do texto: T636786

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lorrayne Renho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
28 textos (991 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 05:51)
Lorrayne Renho