Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem à Negra Poetisa

E com calor, aí vem a beleza em cor: -

No alvorecer da aurora
Em lágrimas de quem chora
Gera-se, quem sabe, amor virtual!
Rasga a criatividade
A teoria da relatividade,

Põe em duas bocas, amor sensual.
Ondas, ondas, ondas do mar
Em teu corpo só amar
Tudo. Quem sabe? O visitante.
Indiferente ao amanhecer
Sozinha, esta mulher
Atrai! É fascinante...!
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 08/09/2007
Código do texto: T643330
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81436 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 20:20)
Zé Albano