Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a DETH HAAK

Sintam este momento! na poesia um monumento: -


Debutar das flores, ruge o vento sopra a aragem,
Essa alma que reza, afecto no gozo semeado
Tendo fragmentado instantes da imagem
Hodierno poético, bem fantasiado.


Há canções de amor! Dois pesos duas medidas,
A valsar a poesia o partido verde amarelou
A profecia poética, Na madrugada das vidas
KO, no poema não existe. A libertação o imortalizou.  
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 10/09/2007
Código do texto: T645857
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81510 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:05)
Zé Albano