Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SILVIA MENDES

SILVIA MENDES


S  aberei eu ser tão eloqüente?
I  ndo além das fantasias enquanto te descrevo nesta poesia
L ivre como um pássaro então me entrego ao vento
V oando por todos os lados sem ter parada ou lugar pra chegar
I  rei tentar ser bem mais preciso, em cada frase que eu digitar
A  inda que pareça um pequena loucura, quem sabe ela irá gostar

M esmo assim como poeta, eu atrevo-me a ser ousado
E nquanto nesta mal traçadas linhas, vou buscando ser exato
N as asas do destino tão repleto de imprevistos
D eixando nestas simples palavras meu mais simples recado
E nquanto existirem pessoas como ela, sintoo-me aliviado
S ILVIA  MENDES,  um anjo que na madrugada encontrei por acaso

JR POETA
Enviado por JR POETA em 16/09/2007
Código do texto: T654435
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JR POETA
Araraquara - São Paulo - Brasil
357 textos (23365 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 01:59)
JR POETA