Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a Martha Lima

Sem qualquer vaidade, apresento esta beldade: -


Maria das tantas! Nua e crua
Assim vê a mulher da rua
Regida pelo prazer digitalizado.
Tua tara, vingança da paixão
Hostilizada pela maldição
A estrela sem luz, sempre assim, triste fado!

Levada pela última ciranda
Inspirando-se num mar sem dono.
Mas fica pelo anjo que a comanda
Apaixonada...no seu sono.
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 26/09/2007
Código do texto: T669934
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81510 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:46)
Zé Albano