Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a Adriana Marques

E desfilando, as minhas musas vão continuando: -



A impontualidade do amor,
Dá lições para hoje ao coração.
Recordações! É por ti que sinto dor
Inibida na importância do perdão.
Acredito! Há sempre alguém
Nas coisas simples, o amar em vão,
Assim, o que eu não quero para ninguém.

Mas mesmo tudo o que eu não queria,
A dizer o que sinto, deixe a raiva secar,
Revelando o preço do amor em poesia
Quando lave sua vidraça, seja para amar.
Um pensamento, dentro de mim
Em que noto, precisamos de parar...
Sempre espero, quem sabe...você...no fim!
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 06/10/2007
Código do texto: T682722
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81510 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 20:06)
Zé Albano