Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a Fernanda Valencise

Com pompa e circunstância, a virtude e a elegância: -



Faz o equilíbrio, mistura de paixões
Em corrente de léguas na calçada
Revendo vidas passadas, ilusões
Num bailado a sete cores de uma lava,
A cerca da lógica, bem vital.
No cálido grito de um olhar
Dá à sua plantação sotaque sensual
A um Outono de ouro tolo, para amar.

Vem depressa, meu elo perdido
A tanto tempo de ti amada essência
Levando um mar de amor desmedido,
Encenador dos seus olhos, a existência...
Negra estrada de leite no meu jardim
Como que escafandro a mágoa dentro de mim.
Inspirado no girassol da natureza viva
São os olhos da terra, a balança é assim
Em tempo delineado, o prazer da diva.
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 11/10/2007
Reeditado em 12/10/2007
Código do texto: T689745
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81435 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 23:31)
Zé Albano