Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR

A   contece que procuro nas ruas, nos becos, no crepúsculo, na
     madrugada, quando o frio chega, quando as luzes do dia começa
     a surgir...
M   esmo nas privilegiadas manhãs de primavera, na efervescência do
     entardecer do verão, nas bucólicas noites frias  da cabana na
     serra...
O   que faço? se nada faço para esse sentimento acontecer, aflorar,
     brotar, surgir e então, deixar o coração pulsar,  deixar a vontade
     vencer, e o amor se fazer, como o toque do orvalho na  relva...
R   enunciar a tudo, esquecer o que foi dito,  tudo o que foi mostrado?
     ou recomeçar e construir  uma história, uma bela história. Para
     mais tarde andando na praia de mãos dadas, possamos chutando
     a água, sorrir, cantar, dançar e por  fim seguir  por essa mágica
     estrada?

BY JORGE BRITTO
JORGE BRITTO
Enviado por JORGE BRITTO em 12/10/2007
Reeditado em 15/10/2007
Código do texto: T691115

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JORGE BRITTO
Sumaré - São Paulo - Brasil
375 textos (37879 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 15:12)
JORGE BRITTO