Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JOSÉ APRÍGIO DA SILVA

Na hora certa, deixem-me enaltecer este poeta: -


Juliana! Eu e você, por um momento
Oração a Deus numa vida de amizade.
Sonho poesia do Zé em sentimento
É a musa das musas em virtualidade.

A flor que canta o coração
Preenche o poeta na noite da vida,
Revela meu mestre em compreensão,
Isso você sabe da mulher querida.
Girando em torno da Gabriela
Inalda na sua instrução
Onde minha senhora? Chamo por ela...

Deixa passar o coração ferido
A moça-criança, fica por pedido.

Sexo ao sexo! Tanta fantasia...
Inspirada no Rodrigo, filho prodígio.
Lavra na sua verbal acrobacia
Versos da mais sublime poesia.
Assim vejo o amigo José Aprígio...!

Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 31/10/2007
Código do texto: T718251
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81432 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 09:16)
Zé Albano