Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a DIANA BALIS

Com esta embalagem...não há paragem. -





Desejos! Docemente aos quatro cantos
Indo no samba do encontro da noite
Apaixonadamente, como tantos
No tempo de amar, com seus encantos
Amante amada, ciúmes são um açoite.

Basta de amor na ilha perdida,
Através do vazio das pipas voando
Levam a mania sem vergonha. Vão ficando
Insípidas fantasias, esperanças. Na vida
Sinto a sua falta, o desejo está esperando...!
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 02/11/2007
Código do texto: T720657
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81513 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:26)
Zé Albano