Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
*** Acróstico familiar ***

*** Valdomiro ***

Valdomiro, o ilustre e poderoso Miro.
Amigo de todas as horas mais incertas
Leal e fiel, o menino do sorriso largo.
Digno e honrado, nunca diz: não.
Orgulho da família, o cara camarada.
Mano dos manos, o infinito mano.
Inúmeras são os seus belos adjetivos
Rio que corre do mar ao mar ondear
O grande, o bondoso e solidário mano.


*** Edvaldo ***

Edvaldo; especial entre os manos, o caçula.
Dono de uma sabedoria rara, o ''PHD'‘.
Valores não lhe faltam, digno acima de tudo.
Amigo e grande camarada esse é o mano.
Líder nato nas grandes decisões, o sábio.
Do bronze e da prata, ganhas sempre o ouro.
O próspero e grande vencedor das batalhas


*** Solange ***

Solange; intuitiva, majestosa e dedicada.
Original nas idéias, e nos ideais de vida.
Literalmente, a mulher que gosta do debate.
Amiga às vezes inconstante, ás vezes doce.
Nossa irmã e talentosa menina-mãe
Grande em tudo que faz, do mel ao fel.
Estrela de raios fugidos brilhantes e solene


*** Mario ***

Mario, o único que não caça javali.
Amado por todos por onde andas
Real e grande líder dos correios ''E.C.T''
Indo ou vindo o mano é puro coração
O homem que não admite erros, nem os seus.


*** Claudia ***

Claudia, a irmã caçula a pequena flor.
Leal e o mais doce dos filhos da mãe Neta.
Amiga das irmãs da creche e das tias (Girassol)
Uma mulher audaciosa que não foge da luta
Dirigi todas as energias pra atingir os objetivos
Inteligente na arte da mesa do doce ao bolo
Ainda mesmo sobre a dor: sob reconhecer.


*** Rosineide ***

Rosineide de cor rosa, a rosa da rosa.
O amor é a sua meta e seu lema
Seu maior patrimônio a força interior
Intensa na busca dos objetivos
Nada em sua vida veio de graça
Estrela das estrelas de belo brilho celestial
Inúmeros são os seus adjetivos
Digna e leal, a amiga de todos.
Eclética, a mãe do João Paulo e da Juliana.


 *** Mauricio ***

Mauricio constante na busca do sucesso
Artesão da madeira, o grande marceneiro.
Uberdade dos campos férteis e farteis
Ranhura perfeita dos encaixes da vida
Idealizador, companheiro e dedicado.
Candango, o verdadeiro Brasiliense.
Intenso na procura da mulher ideal
Odiado às vezes, porém amado por muitos.

**************************************


Aos manos esses acrósticos representam o que eu acho de cada um, me desculpem, pois cada um é um ser diferente somos diferentes, porém filho de um único pai que é DEUS.

José Aprígio da Silva.
Reunidos: 04/11/07
.
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Enviado por JOSÉ APRÍGIO DA SILVA em 04/11/2007
Reeditado em 29/10/2011
Código do texto: T723057

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 57 anos
1698 textos (153759 leituras)
1 áudios (36 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 19:33)
JOSÉ APRÍGIO DA SILVA