Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a ANNIE NOGUEIRA

Em frente! E com bonita gente: -




A lágrima no despertar da estiagem
No auto retrato da minha imagem,
Noites sonhadas no encanto mais belo.
Inspiram o meu crer! Talvez miragem
Em que nem sequer penso no pesadelo.

No teu corpo, objecto do abjecto,
O que quero? Não é isso mas afecto,
Gritando bem alto: Vem...!
Uma voz que desperta, chama por alguém
Ecoando sons que doem. Que sensual...!
Inclinação minha, simplesmente visceral
Refuto o desamar das nossa vidas
Alheado ao encontro das palavras incompreendidas.
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 05/11/2007
Código do texto: T724010
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81509 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 14:47)
Zé Albano