Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a IVONE CARVALHO

Neste evento, continua o talento: -




Incompreensão das palavras sinceras
Vira a doce melodia em puras quimeras
Onde as nuvens de algodão ficam no meu testamento.
No teu ciúme, as cartas são severas.
Esperança? O hino do amor em pensamento.

Corpo e alma no amor infinito,
Amar em silêncio, sempre foi dito,
Registado nas páginas do meu coração
Viciado na efemeridade da paixão.
A minhas ilusões têm a cautela
Lavrada pelo silêncio da alma mais bela
Havendo encanto, depois de chegado o momento
O compasso das emoções, marca o sentimento.
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 08/11/2007
Código do texto: T729245
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81513 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:50)
Zé Albano