Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a ANGELICA ARANTES

Em poesia, mostramos a nossa cortesia: -




Amor, ou ilusão em fragmentos
Nas águas passadas, beijos da linda amada
Geram as lembranças dos acontecimentos,
Estar contigo, é a primavera na sua chegada.
Levado pela tortura dos ciúmes
Incerteza...abala o meu coração
Com uma lágrima, a diferença de costumes
Amor de um poeta, tem a mensagem em canção.

Amor na janela, lançado ao vento
Revela a distância a que você me acostumou.
A magia do amor, concede-me o alento
Neste exacto momento, eu aqui estou.
Tratas as rosas do meu jardim
Espelho da alma...agradecimentos.
Se eu te perder, o puro amor não sai de mim.
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 15/11/2007
Reeditado em 15/11/2007
Código do texto: T738253
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81436 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 13:27)
Zé Albano