Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homenagem a ODETE SIMÕES

A voz jovem de uma jovem, menos jovem: -




Oiço o grito de amor na outra margem,
Da janela aberta onde o sol brilhou.
Ébria de melancolia a linda imagem
Tudo naquela noite erma, ficou
Em fragmentos de vida doente. Foi miragem...!

Sacudindo das minhas mãos o meu pecado
Isso dói...pois aquele verão que foi passado
Mudou as pérolas do coração deste pobre velho.
Ouvindo em demência o desassossego
Em chamas se procura um aconchego...
Sempre alguém vai correndo...para o espelho.
Zé Albano
Enviado por Zé Albano em 25/11/2007
Código do texto: T752263
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zé Albano
Portugal, 66 anos
1190 textos (81513 leituras)
9 áudios (640 audições)
1 e-livros (93 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:39)
Zé Albano