Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As mais belas poesias

 As mais belas poesias
 Saem como pétalas da alma

 Melôdias que os anjos
 Assoviam delicadamente nos ouvidos
 Inebriaga os pensamentos
 Soam como músicas angelicais

 Brotam sutilmente no coração
 Entre a razão e a emoção
 Ligadas em sentimentos

 As poesias encantam a vida
 Suavizam as tristezas dos dias

 
 Palavras são jogadas ao vento
 O amor exaltado em um beijo
 É pura inspiração
 Sensibilidade à flor da pele
 Imortalizados em lindos versos
 As que tocam fundo no coração
 São as mais belas poesias


   


Christine Fujiwara
Enviado por Christine Fujiwara em 27/11/2007
Código do texto: T754587
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Christine Fujiwara
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 50 anos
440 textos (31877 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 08:33)
Christine Fujiwara