Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

267-MÁRCIA DE SOUZA ALMEIDA -ÁRCADE DE BOA ESPERANÇA

267-MÁRCIA DE SOUZA ALMEIDA
ÁRCADE DE BOA ESPERANÇA

Acróstico especial 001
Por Sílvia Araújo Motta

M-Márcia é natural de Boa Esperança
A-Antiga Dores da Boa Esperança...
R-Ruas poeirentas! Amores inesquecíveis!
C-Celeiro ideal de sonhos possíveis!
I-Intencionados Fundadores desde 1795,
A-Aqui, são lembrados! Novembro de 2005.
 -
D-Das histórias vividas em Dores do Pântano
E-Estão na memória, pessoas amigas e familiares...
 -
S-Seus pais ficaram felizes, com sua chegada:
O-O velho João Rosa, honesto e trabalhador.
U-Um homem exemplar! Família abençoada!
Z-Zelosa Dona Micota, a plantar amor,
A-A coragem e doçura! Esposa dedicada!
 -
A-A criança teimosa sonhava acordada!
L-Lutava e persistia no ideal que queria.
M-Missão registrada, trajetória cultivada,
E-Exercício relevante de cidadania.
I-Inovadora sensibilidade, educação gerada.
D-Dona Márcia de honrosas lutas e vitórias:
A-Árcade que engrandece a Arcádia de Minas Gerais.

Belo Horizonte, 9 de novembro de 2005.

Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 07/12/2005
Código do texto: T81965
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6555 textos (668680 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:04)
Silvia Araujo Motta