Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

294-SAUL DESCREVE BARRANQUEIRO DO SÃO FRANCISCO

294-SAUL DESCREVE BARRANQUEIRO DO SÃO FRANCISCO

Acróstico-histórico 62
Por Sílvia Araújo Motta

B-Balsa de boa madeira(cedro)
A-Ao chegar do velho Rio
R-Repõe a alegria inteira.
R-Retornam: Pai, Filho, Tio,
A-Avô, Neto e Bisnetos...
N-Nos lares , muita fartura!
Q-Que  trabalho! O homem é honesto!
U-Um porto em vida segura...
E-E não se importa com o resto.
I-Indica o barco de peixes,
R-Revê o ajoujo carregado,
O-Ostenta o mastro e na praia
S-Seu canto é marco encantado.
 -
D-Da PAISAGEM FLUVIAL
O-O totem é sempre ideal.
 -
S-São Bom Jesus da Lapa
A-Acolhe das águas, os votos,
O-Ofertas dos seus devotos...
 -
F-Feijão “ferrado” é sustento!
R-Reinventa a paz, com cachaça...
A-Ao preparo do alimento
N-No fogo, a panela esquenta...
C-Carne, peixe, jacuba, no muquém!
I-Intempéries da natureza
S-São desafios, com certeza.
C-Com vigor físico excepcional
O-O barranqueiro é sensacional.

Belo Horizonte, 26 de julho de 2005
Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 08/12/2005
Código do texto: T82639
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 65 anos
6556 textos (669159 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:27)
Silvia Araujo Motta