Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aprendendo com Nemo

Aprendendo com Nemo


Dias desses, assisti a um desenho de longa metragem “procurando Nemo”, não foi à primeira vez que meus filhotes “obrigaram-me” a participar deste tipo de sessão de cinema.
Mas confesso-lhes, que é sempre muito legal e gratificante assistir estes desenhos, e dividir a pipoca, principalmente quando tenho como companhia os tesouros de maior importância da minha vida.
Nemo tem como tema central, justamente um assunto muito difícil de lidar a “perda”.
Um pequeno peixe palhaço, tem praticamente toda a sua família dizimada pelo ataque de um predador. Restando-lhe apenas um pequeno ovinho, que passa a ser o seu único e maior tesouro.
Com medo da perda, o pequeno peixinho passa a viver recluso e obriga seu filhinho a viver do mesmo modo. O pai nunca abandona o recife onde vive, muito menos permite que o pequeno peixinho, o Nemo, arrisque-se no mar aberto.
Como não poderia ser diferente, o desespero e a garra do peixe pai, para encontrar seu filho que foi levado por mergulhadores, é o grande “TCHAN” de toda a trama. Não há o que o faça desistir de ter seu filho de volta, perigos, predadores, medos, nem mesmo toda o desconhecido e a imensidão do mar, são capazes de frear seu ímpeto.
Seu “foco” de vida passa a ser a busca pelo filho.
Procurando Nemo, mostra-nos do que somos feitos. Mostra-nos do que uma pessoa é capaz, para proteger ou trazer de volta aquilo que é o maior “sentido” de sua vida.
Procurando Nemo, faz aflorar nossos sentimentos, nos faz rir e chorar.
Mais que isso procurando Nemo, é o exemplo, ainda que de uma forma elegórica, que quando temos foco no que queremos, não há o que possa nos impedir de triunfarmos.
Não ha fronteiras, não há distancias, não há perigos, quando realmente nos propomos a fazer algo grandioso.
Mesmo que isso significa arriscar-se.
O mar pode ser grande e desconhecido. A luta pode parecer em vão, mas a vontade é maior.
A perseverança sobressai aos obstáculos, que passam a ser vencidos um por um.
Muitas vezes “os predadores” dizimam nossos sonhos e devastam as nossas esperanças.
Sendo assim, ficamos perdidos num enorme mar de desilusão, acreditando que estamos sempre sós, que apenas pessoas desmioladas estão ao nosso redor.
Aprendi muita coisa com este filme. Aprendi que podemos realizar nossos sonhos, que não existe nada, absolutamente nada impossível, desde seja mantido o foco das coisas.
Nesta nossa jornada pela vida vamos, encontrar com muitas pessoas, muitas nos farão rir, outras nos farão chorar. Encontraremos amigos ou inimigos em potencial, mas nunca estaremos sós..
Quando a vida insistir e lhe mal tratar, em dizer não, há apenas uma saída, continuar vivendo. Por que a ajuda pode vir de onde menos esperamos
Nunca desista.
O importante é manter o foco, o importante é renovar constantemente a disposição de manter-se no rumo desejado.
Assista procurando Nemo, adapte-o para o seu modo de vida, compare com seus problemas.
Reflita sobre ele e transforme-se.
Mantenha seu foco.
Lute e seja feliz
Nada menos que isso interessa.


Reginaldo Cordoa, futuro Administrador de Empresas e Apaixonado pela Vida.
26/01/2006



Reginaldo Cordoa
Enviado por Reginaldo Cordoa em 26/01/2006
Reeditado em 27/01/2006
Código do texto: T104236
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reginaldo Cordoa
Matão - São Paulo - Brasil, 46 anos
95 textos (23233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:05)
Reginaldo Cordoa