Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corrupção será que o povo esqueceu?

Bem, as pesquisas começam apontar que Lula cresce na preferência do eleitorado. O que será que está ocorrendo? O eleitor mudou de pensamento em relação ao que pensava anteriormente? Pode ser uma possibilidade. Será que aquele eleitor que tem como ética a honestidade a transparência começa a pensar diferente? Penso que não.

Podemos então deduzir que, com o aparecimento das denuncias que também caíram sobre a oposição praticada ao assalto aos cofres públicos o eleitor acabou desiludindo e passando a não mais prezar pela ética, pois, não se salva ninguém?

Outro fator que podemos pensar é que, com a política assistencialista Lula tem o apoio da massa dos miseráveis e certamente, são estes que elegem sua popularidade aumentou.

Um fato que tenho percebido e acredito que muitos analistas e críticos podem constatar é que a mídia deixou de atuar sistematicamente em divulgar noticias sobre a corrupção praticadas aos cofres públicos . Hoje as maiores redes de TVs não dão mais destaques as CPMIs e CPIs, e quando falam sobre o tema direcionam ao Congresso e não mais o Executivo.

Quando o PT era oposição dominava os sindicatos, havia a UNE para pressionar, os Movimentos Sociais enfim, havia condição e um grande poder de mobilização. Porém, hoje os outros partidos como sempre foram partidos da elite, da classe empresarial não tem condição de aglutinar mobilizações.

A mídia sempre foi aquela que estava afinada e trazendo todas as informações à sociedade e de repente pára com todo este tipo de atuação e mobilização a sociedade pouco a pouco está ficando desinformada.

Tudo caminha para que esta sujeira que foi exposta, não sirva para mudar a realidade política, até porque, ainda no momento não surgiu um nome capaz de ser um ponto de referencia para o eleitorado. A sociedade está entre continuar com o que estamos assistindo uma verdadeira vergonha política onde os que estão roubando o país continuem, ou trazer os que roubaram no passado.

Todo este quadro ocorre pelo extremismo de uma década política onde a sociedade ainda não tem a percepção do que significa a Lei Eleitoral e especificamente a votação em dois turnos. O primeiro seria para a escolha consciente de um projeto político sem estar preocupado se vai ganhar ou perder o voto, o segundo turno a necessidade de votar entre um daqueles que restaram.

O que podemos esperar é que na disputa para o próximo pleito ocorra a digladiação entre os políticos e toda esta vergonha volte à tona. Aqueles que conseguirem persuadir melhor, tendo idoneidade possam vencer e assim transformamos a sociedade.

Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 14/02/2006
Reeditado em 14/02/2006
Código do texto: T111867
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
5266 textos (1219570 leituras)
5 e-livros (11756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:11)
Ataíde Lemos

Site do Escritor