Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nossos Elos...

Depois de muito pensar, questionar, desabafar com meus botões.. Acho que entendi o sentido de existir dores e felicidades – que elo é esse de vida??? Percebi que nossas vidas são cheias de elos.. Elos de amor, elos de amizades, elos de carinho, elos de dedicação..

Eu procuro entender ou achar uma explicação para alguns acontecimentos em minha vida e não sei se estou indo no caminho certo, mas penso eu que alguns fatos tristes e decepcionantes são frutos de assuntos mal resolvidos no passado, e que pretendo limpar de minha alma, afim de me tornar um ser melhor diante das adversidades que a vida nus impõe.

Eu sempre romantizei tudo o que me envolvia, seja no lado profissional, amoroso, espiritual, familiar, no meu ciclo de amigos, em fim, e percebi que gastamos tempo e energia investindo em algo que lá no fundo do nosso eu, sabemos que acabará.

Mas hoje, entendo que o único elo verdadeiro e real é o elo do amor, esse nasce e tem que ser cultivado dentro de nós, firmando um compromisso único e exclusivo com o nosso modo de querer viver a vida de um jeito mais harmonioso, ou seja, aprender a ouvir, tolerar e suportar todos os elos que estamos ligados, e assim, afirmei um compromisso comigo mesma, não deixar de ser nunca amorosa, paciente e otimista..

Ainda preciso ser um pouco mais tranqüila e paciente, mais sei que preciso dá o primeiro passo, afinal, se eu não me melhorar internamente como poderei ser tudo isso com mais alguém? Isso me faz pensar que às vezes temos um compromisso com certas pessoas e que permanecemos fiéis até que o ciclo ou o elo se feche, para que depois possamos andar por caminhos e estradas diferentes..

Às vezes não entendemos e demoramos a aceitar, mais o tempo nus mostra o quanto evoluído somos..

Hoje eu paro pra pensar se em meus relacionamentos, principalmente aqueles que me trouxeram dor e revolta, onde atitudes não entendidas por mim e que eram vistas como inexplicáveis e cruéis de se entender e vindo de alguém que amei e respeitei se era realmente um elo de amor, ou outro tipo de elo.. Talvez apenas seja o fim de um ciclo aberto..

Afinal o amor é troca, é solidariedade, é amizade é amparo mutuo.. É verdade.. E sinceridade! Hoje sei que PAIXÃO, SEXO, CARÊNCIA.. Não constroem relacionamentos.. Não afirmam amizades reais.. Não dá espaço para companheirismo..

Meu ultimo aprendizado mais recente foi descobrir que esses sentimentos nobres se mesclam com atitudes egoístas, porém, se o que restar for amor.. Algum elo será mantido, e se não for, é melhor se libertar e deixar o tempo limpar minha alma e deixar apenas aquela sensação de missão cumprida!!


********************************************************
Todos os textos que aqui estão são de minha autoria, devidamente registrados em meu nome.

MONE CARMO
********************************************************
Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 19/02/2006
Reeditado em 21/05/2010
Código do texto: T113662
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mone TCarmo
Belém - Pará - Brasil, 37 anos
2862 textos (287288 leituras)
56 áudios (8739 audições)
4 e-livros (918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:23)
Mone TCarmo