Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTOU DE SACO CHEIO!




Fico estagnada com a violência do Brasil. Isso é um absurdo!

Além de vermos e ouvirmos falar diariamente sobre barbáries, temos 
o relato de crimes cometidos com intenções escusas e sórdidas por 
parte daqueles que querem ganhar dinheiro facilmente, eliminando tudo 
e todos que representam uma barreira e um possível entrave para os 
planos desses alpinistas do poder.

O problema maior, além da repercussão internacional, é que estamos 
à mercê de pistoleiros e bandidos que assolam o território nacional 
em suas diversas áreas, nos grandes centros etc. Sinto vergonha!

Até quando o governo admitirá que absurdos como esses denigram as
 páginas da história do nosso país?

São assaltos, seqüestros, assassinatos, tráfico de drogas...

A Itália conseguiu conter a máfia, quando a situação estava difícil de ser 
controlada. E o Brasil, até quando será palco de injustiças e tristezas?

Pessoas que, como a freira americana, a Doroty, por ideal e por amor, 
atravessam continentes para ajudar pessoas desprovidas do básico para
 viver, morrem nas mãos sanguinárias de ignorantes e incapazes que ajudam,
 a cada dia, o país a entrar nos labirintos escuros, encobertos pelo lamaçal da consciência do poder pátrio que tem nos anais de sua Constituição um modelo 
ideal de governabilidade, mas um bando de incompetentes desonestos 
que maltratam essa gente tão bonita e tão verdadeiramente feliz.

______________________________________________________________
Invasão à Rocinha deixa seis mortos.

PM caça traficantes que participaram da ação (O Globo - Extra - RJ TV - CBN )

RIO 16/02/06- O ataque de traficantes rivais à quadrilha que comanda o 
tráfico de drogas na Rocinha, na noite de quarta-feira, deixou pelo menos 
seis mortos e outros oito feridos na favela. Além do adolescente 
Diego Antônio  Lima, de 14 anos, que tinha acabado de voltar da 
escola e morreu com um  tiro no peito, foram encontrados na manhã 
desta quinta mais cinco corpos. 
Apenas um dos mortos tinha ligação com o tráfico de drogas. 
---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vocês que estão lendo essas linhas dirão: - Como são verdadeiramente 
felizes?
- Respondo que o povo brasileiro tem uma essência feliz . Mesmo diante da
 tragédia e da miséria não esmorece, pois aqui é a terra da esperança. 
A bandeira que está em nossos corações, tem o verde como a sua excelência.

A felicidade do brasileiro se coaduna com o cenário de suas terras, 
juntando-se ao pensar simples de desejar pouco. Tão pouco lhes dão 
que o quase nada se torna grande.

Enquanto isso, os homens do governo andam por aí recebendo seus 
salários por funções improdutivas e, demagogicamente, subindo à 
tribuna para nos ludibriar e terem a certeza, em seus devaneios e 
medíocres utopias, que são importantes para o Brasil.

Talvez tenham razão... São importantes para um Brasil sem lei. 
Terra de Marlboro!.

Eles são cínicos ou comiam fezes quando crianças? (Eu ainda 
estou sendo educada. Prefiro fezes a cocô, porque já tem 
porcaria demais...).

Pobre povo, pobre Brasil...

Mesmo desprovida de tal órgão: Já estou de saco cheio!
MEG
Publicado no Recanto das Letras em 19/02/2006

MEG KLOPPER
Enviado por MEG KLOPPER em 19/02/2006
Reeditado em 24/02/2006
Código do texto: T113690

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Enviando um e. mail solicitando autorização.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
MEG KLOPPER
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
311 textos (917147 leituras)
38 áudios (68634 audições)
3 e-livros (3129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:36)
MEG KLOPPER

Site do Escritor