Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que Raiva!!!! ...

- A cólera -

A definição de cólera é "paixão forte que nos incita contra o que nos ofende ou indigna; ódio, raiva, ira, deixar-se dominar pela raiva". Ou ainda doença infecciosa, aguda, geralmente epidêmica. Analisaremos apenas a primeira definição.

O orgulho ferido, o melindre, a contrariedade, que irritam e aborrecem, produzem a cólera.

A propósito da questão, algumas frases humanas bem conhecidas como "Sou assim mesmo, é meu temperamento, não mudo", deixa à mostra a tendência humana de acomodação e resistência às mudanças. Há como que um auto dispensar-se na correção de atitudes.

Porém, conhecido trecho diz: "bem aventurados os que são brandos e pacíficos", prometendo para os brandos que possuiriam a Terra e para os pacíficos que seriam chamados filhos de Deus. Claro, pois, como filhos de Deus, deveríamos refletir nossa origem divina, mantendo-nos brandos e pacíficos. Mas não é assim. Ainda reagimos com violência às contrariedades. Mas as promessas não são vãs. Elas realmente levarão a um estado futuro de equilíbrio e felicidade, neste planeta mesmo, quando ele estiver expurgado de criaturas contrárias à melhora do próprio planeta.

Podemos, no entanto, estudar o assunto. Falando sobre doçura, paciência, afabilidade, obediência e resignação, percebemos a importância da aquisição de virtudes e ponderar que o homem só permanece vicioso porque quer, pois quem deseja se corrigir sempre o consegue. A causa desses comportamentos contrários ao bem está no próprio ser, no coração do homem, que precisa disciplinar-se a si mesmo e esforçar-se na aquisição de virtudes, melhorando o comportamento.

Se analisarmos friamente, veremos que a cólera nada resolve, só complica as coisas, inclusive altera a saúde, compromete a vida. E tem mais: torna infelizes todos os que com o colérico convivem. Isto traz o remorso, pois há agressão a quem ama, a quem com ele convive.

Mas, o que é paciência? E tolerância? Já que precisamos de ambas para dominar a cólera.

Tolerância significa a disposição de admitir, nos outros, modos de pensar, de agir, de sentir, diferentes dos nossos. Já a Paciência é virtude que faz suportar com resignação a maldade, as injúrias, as importunações, etc. Na verdade, é esperar com calma. É também um estado de alma que reflete calma, aceitação, tranqüilidade de "quem sabe esperar" a solução ante as vicissitudes da vida. Calma, por sua vez, significa quietude, serenidade, tranqüilidade, imperturbabilidade.

Há uma infalível receita para se medir a capacidade de saber esperar: "Um notável sinal de paciência é aquele da pessoa que, interpelada por mais de cinco vezes sobre o mesmo assunto, atende sempre, com a mesma gentileza e com o mesmo tom de voz da primeira resposta".

Pesando bem essas definições, não é difícil constatar que os últimos parágrafos são bem melhores que os primeiros. Um pouco de exercício e esforço e conseguiremos alcançar a calma que é preciso para resolver as coisas. Ou a paciência para viver.
Orson
Enviado por Orson em 20/02/2006
Código do texto: T114155
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Orson
Matão - São Paulo - Brasil, 56 anos
298 textos (94305 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:38)