Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Força da Mulher na Metalúrgia

Quem diz:-Mulher sexo fragil!
Engana-se, a mulher de hoje trabalha como homem, faz atividades que antes, somente ele desempenhava. As nossas mulheres na metalúrgia, são fortes e lindas, basta andar pelos corredores de máquinas e tornos, você verá todas elas, firmes em suas atividades carregando pêso de 20,30,40 kg ou mais, operando maquinário como purafuzadeira,lixadeira, pesando peças. Maquinário que algumas décadas atráz era somente destinado ao sexo masculino.
Pois é!... aqui estamos conquistando nosso espaço, não para igualarmos aos homens, mais sim para junto deles sermos reconhecidas, como, mulheres que particiapam no campo de trabalho igual, somando muitas vêzes o plano orçamentário no fim do mês, construindo ambos uma vida melhor para a família.
Não podemos esquecer que algumas delas, criam seus filhos só, e dependem desse espaço para uma vida digna. Vale a pena lembrar, pela estatística comprovada, há alí muitas profissionais com curso superior, formadas e com capacidades pra encontrar um emprego melhor, o fator idade é um entrave na vida dessas mulheres acima de 35 anos, não há espaço no campo de trabalho, onde jovens desempenham muitas vêzes...não generalizando claro!... mais em atividades que nós poderiamos ser melhores e mais responsáveis.
Mais, como disse no começo, somos fortes não temos medo da condição ou situação, estamos aqui somando mais uma vez,participando do lucro familiar,e também do crescimento e desemnvolvimento de todos, com a nossa atividade e espaço na metalúgia também!
A verdade é uma só, a "Mulher de Hoje" é participativa, atual, dinâmica, conseguindo condicionar, casa, filhos, marido e trabalho.
"Parabéns sexo frágil, de você também depende o seu futuro e o de todos os seus!"


"Este artigo escrito por mim, e foi publicado pelo
Primeira Página da cidade de Sao Carlos, no dia Internacional da Mulher,Dia 08/03/2005,uma homenagem as mulheres que lutam nesse país, por elas e pela família"

Claudia Aparecida Franco de Oliveira 05/03/2005 /São Carlos

Fica a aqui minha homenagem a todas às mulheres desse racanto.
Para elucidar como somos fortes e sabemos lutar por nossos ideais, quando escrevi esse artigo trabalhava na metalúrgica como "Torneira Mecânica",vendo o trabalho de todas nós escrevi, publiquei no jornal e ficou no Mural da firma em homenagem todas elas.

"Beijos e abraços a todas vocês, mulheres e leitoras desse nosso Recanto!"

Cláudia


lindamulher
Enviado por lindamulher em 08/03/2006
Reeditado em 27/02/2009
Código do texto: T120334
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Aparecida Franco de Oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 57 anos
1582 textos (129583 leituras)
3 áudios (322 audições)
4 e-livros (303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:07)
lindamulher