Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO – Livro: Talibã

(Palestra dia 19/04/2002 na EMEF Sônia Maria da Fonseca)

  Qual a importância do estudo em nossa vida?

Todo ser humano está inserido numa cultura, que pode restringir-se a uma comunidade, uma região, uma determinada civilização ou abranger os conhecimentos adquiridos, acumulados e transmitidos de geração a geração pela humanidade - dita civilizada - que habita o planeta Terra. As escolas cumprem basicamente esse papel. Mas as fontes de informação estão espalhadas por toda parte, através de livros, revistas, fitas de vídeo e hoje, de forma muito abrangente, pela internet.

Uma coisa, entretanto, se torna fundamental nisso tudo. Algo sem o qual a transmissão de conhecimentos ficaria prejudicada, senão impossível: são os códigos de linguagem – sem eles o homem estaria impossibilitado de  comunicar-se com a facilidade e riqueza de detalhes de hoje.

Tudo começou com os desenhos nas cavernas e rochas, onde os primitivos começaram a exercitar a comunicação. Retratam cenas vividas ou imaginadas há milhares de anos e fazem a ponte cultural entre a nossa época e aquela ocorrida num passado tão distante.

O desenho é um código que identifica uma figura - que pode ser um objeto, um animal ou uma forma abstrata ou geométrica.

A escrita é um código aprimorado, um desenho que não mostra a forma ou o contorno de uma figura, mas, diz muito mais a respeito de qualquer coisa. Com ela, abre-se uma visão interna para tudo que nos rodeia e para tudo que a imaginação possa conceber ao interpretar seus traços.

Daí a importância de  estudar. A princípio o básico: a escrita e a matemática elementar. Em seguida as disciplinas nobres que abrangem a física, a química e a biologia, para compreender melhor o ambiente em que vivemos e os fenômenos que ocorrem na natureza – com influência humana ou não. E, por fim, a especialização onde cada indivíduo busca os conhecimentos específicos e necessários para desempenhar o papel que lhe cabe na comunidade na sua área preferida ou escolhida para atuação.

O conhecimento da geografia e da história nos situa no espaço e no tempo e abre nossa visão para as grandes ocorrências da humanidade – como as guerras para expansão de divisas e atrocidades cometidas em nome da ganância e do fanatismo religioso. A literatura nos mostra uma arte viva em constante renovação e o poder da sua força de expressão.

O estudo das técnicas de desenho, pintura, escultura e outras formas de expressão artísticas aprimora o dom despertado em alguns indivíduos, transformando-os em porta-vozes de um época, de uma região, de uma civilização.  A história de civilizações desaparecidas é resgatada, muitas vezes, assim.

Quem estuda, acumula conhecimentos e quem os tem adquire poder. Não chegaríamos à lua, nem exploraríamos Marte, sem aprimorar nossos conhecimentos. A Terra tornou-se pequena com a evolução cultural. Nosso grande desafio agora é dominar o espaço e a mente.

É certo que usamos apenas dez por cento do cérebro. Se  queremos saber para que serve o restante, o mínimo a fazer é estudar... Quem conhece participa, influi e evolui; o leigo assiste: passivo, neutro e submisso.
“O mais importante não é ser o primeiro. Importante é ir até o fim!”
Lourenço Oliveira
Enviado por Lourenço Oliveira em 12/03/2006
Reeditado em 19/06/2006
Código do texto: T121975
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lourenço Oliveira
Salesópolis - São Paulo - Brasil
1277 textos (109629 leituras)
23 e-livros (1394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:41)
Lourenço Oliveira