Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Profissões

Todas as profissões são importantes. Isto ninguém duvida. Aprendemos desde cedo com a primeira professora e vamos descobrindo nos anos que vão se acumulando a importância de cada profissão. Médicos, dentistas, engenheiros, educadores, administradores e tantas outras atividades que causam admiração e respeito pela competência e dedicação daqueles que nela dedicam anos de suas vidas para servir e sobreviver com dignidade.

Sem desconsiderar as demais, pois seria impossível enumerar e comentar cada uma num mero artigo semanal de jornal, três delas chamam-me a atenção: bombeiro, lixeiro e carteiro.

O leitor já parou para pensar nestas profissões?

Temos visto na cidade que ora habitamos a importância dos bombeiros, atividade que nunca tivemos oportunidade de observar antes com tanta constância. É comum em cidades maiores a ocorrência de acidentes diversos, inclusive atropelamentos e situações inusitadas que reclamam o cuidados desses profissionais indispensáveis. Nessas ocorrências desagradáveis, isto sem falar nos grandes incêndios, lá estão eles com o resgate de vidas e o socorro planejado.

E o trabalho da coleta de lixo numa cidade? O que dizer, então, desta profissão tão mal remunerada e de tanto significado numa cidade? A vida só é possível em virtude da ação dessa humilde profissão e de tão alta significação.

Mas, uma profissão esquecida e pela qual tenho o maior carinho e gratidão é a do carteiro. Eles trazem a vida através da notícia. Sempre entusiasmei-me por correspondência, sejam jornais, cartas, livros, objetos que chegam. Elas denotam a atenção, o carinho de alguém. E se for cobrança, significa que alguém nos serviu... Atravessam as cidades, andam muito e levam o que esperamos. Muitas vezes maltratados, desprezados e colocados no risco de cães ferozes, expostos à chuva, ao vento, ao calor, servem com grande competência.

Sempre fico a observar o trabalho silencioso desses profissionais e a admiração brota-me espontânea. Nem imaginam ou talvez imaginem o bem que causam à coletividade. E esta muita vez permanece indiferente aos seus esforços. Mineiros e Dois Córregos não possuem bombeiros. Quem sabe um dia possam tê-los. Quanto aos carteiros e lixeiros, respeitemo-los pelo que significam na vida de uma cidade.

Tiremos essas profissões de nossa dia-a-dia e veremos esvaziar a segurança, a vida.

Fico com a nítida certeza que são profissões que teriam de ser melhor remuneradas, assim como soldados, médicos plantonistas, enfermeiros, professores, sem esquecer as demais, também importantes.

Um pouco de sensibilidade nos levará a valorizar e reconhecer o valor dessas profissões indispensáveis à vida.

 
Orson
Enviado por Orson em 20/03/2006
Código do texto: T125786
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Orson
Matão - São Paulo - Brasil, 56 anos
298 textos (94346 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:24)