Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ESPAÇO
(amor e desprezo)

Evaldo da Veiga


Estamos em um espaço imenso, infinito, e que ainda se  
expande. A expansão do que já não tem fim...
 Aonde vamos chegar?  Aproveitando, gostaria também
 de saber de onde viemos e para onde estamos indo, 
aqui no Brasil.

É um mundo de interrogação...

Quanto à expansão do que já é infinito, a convicção do mundo
 científico já tinha dado esse seu recado faz tempo e sem
 contestação. Ocorre que, agora, nossos telescópios que estão a milhões de quilômetros da Terra  já focalizou imagens próximas
 do big ban, a grande explosão. Sim, viram coisas em minúcias, porque enxergam bem melhor do que os olhos humanos.  Olham os fatos como são, sem deformá-los pela emoção.

Bem, com isso quero dizer que os cientistas através dos seus aparelhos quase divinos enxergam bem a origem, à distância, 
mas não conseguem resolver os problemas da própria casa.

Gostaria de apresentar maiores detalhes desta visão incrível dos nossos cientistas,  através dos satélites, mas não consegui localizar, agora,
 a Revista Veja, que é recente, e que focaliza essa matéria
 com entrevistas aos Diretores da NASA.

Não insisti na procura da revista porque o que pretendo mesmo
 é falar do nosso agora. E essa questão sideral simplesmente se presta como uma introdução  do tema "Espaço", mas que não tem  haver com o mundo de guerras dos Estados Unidos e de corrupção brasileira.

Faz décadas que os estados unidos se engalfinham em guerras sucessivas 
que produzem dor, ódio e destruição. Logo que termine esta, outras já programadas entrarão em ação; cada qual com suas justificativas elaboradas pelos pensadores   do mal, em utilizando os serviços de inteligência e outros recursos disponíveis, a custa do sacrifício alheio.

Com isso estamos sabendo que o Sr. George W. Bush e o
 Sr. Lula da Silva não são os que ditam os horrores da guerra e da corrupção. Nada disso: trata-se de dois laranjas que cumpre papel determinado
 pelo ódio e desejo de domínio, lá, e aqui pelo ânimo do lucro fácil e vida afortunada a custa da miséria dos já miseráveis.
 Aqui os ideólogos são os banqueiros, os políticos corruptos e uma  esquerda,  que de fato. desmoraliza o grande avanço da esquerda internacional.

 O Sr. Bush e o Sr. Lula são simplesmente bons atores, mas no fundo seres infelizes que perderam a individualidade e verdadeira alegria, 
no ato repetitivo de interpretar papéis que, em realidade, nem sabem bem porque foram escritos e se deveriam ter sido escritos.  Só sabem que esses papéis lhes dão uma sensação de poder, um poder concebido porque são estúpidos auto confiantes, e daí vem arrogância, bazofia, estripulia, deslumbramento  e os etc. e tais da vida de quem será julgado imundo e repulsivo, pela história.

Mas que tal fugir de assunto tão árido? Sim, porque minha intenção
 era falar de vida que não fosse à desses senhores, queria e quero falar do espaço, mas é deste que é infinito na visão cientifica, mas que para os simplesmente mortais significa local de seres se construindo em
 clima de amor de ternura e de paz. No espaço sideral a coisa funciona
 a base de energias que colidem,  sugam-se e se expandem obedecendo ao comando de não se sabe quem.

Aqui, também, no nosso mundo de agora, são as energias que aproximam, afastam, machucam, acariciam, amanham e produzem tesão.

Muitas vezes nesse espaço que também é infinito em nosso pequeno mundo, pessoas se invadem, se molestam quando deveriam estar fazendo amor.
 É uma questão de exercício, focar o melhor ângulo dos acontecimentos e procurar dar uma interpretação favorável ao amigo, à namorada,
 à família, fazer de cada dia um acontecimento lindo, porque de fato 
ele é único e, somente pela raridade, já tem e merece reconhecimento  maior.
E vigilância para não permitir que Bush e Lula cheguem mais longe, ainda...

Em falando no Senhor Lula da Silva, ele contemplou a família pobre  com a importância  média de R$ 62,00, a título  de bolsa família, 
mas esse dinheiro foi retirado do orçamento da saúde e da educação, produzindo o efeito maior dos doentes jogados nos corredores 
dos hospitais e a educação relegada a último plano.

Mas na propaganda oficial o que se vê, é o aumento da renda do pobre e faculdade eleitoreira inaugurada. É por mais evidente que os programas
 sociais que estão sendo ampliados no último ano de governo e um tremendo calote eleitoral,

Mas se não houver informação conscientização, vai colar, vai dar em reeleição...

Pense, vigie e informe, é dever de cidadania.



evaldodaveiga@yahoo.com.br.



Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 23/03/2006
Reeditado em 06/11/2007
Código do texto: T127171

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 22:59)
Evaldo da Veiga