Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEJA LIVRE!

O homem sempre sonhou ser livre! Mesmo escravizando outros povos, certas raças ou classes sociais sempre propagou, ao longo da história, a liberdade, a justiça e os direitos... deles, claro!
A escravidão era defendida pelos filósofos, políticos e religiosos com a alegação de que ela existia na decorrência de uma lei natural: uns nascem senhores; outros, escravos. Estes foram feitos para servir àqueles. (texto citado pelo grande Celso Brant, em A MOBILIZAÇÃO NACIONAL, pg. 54, 1982).
Antigamente, se matava em nome de Deus, se escravizava em nome de Deus, se castrava a ciência em nome de Deus, pois era muito fácil jogar toda a culpa da ignorância em Deus ou na defesa do status social.
Como Deus pode se compactuar com os que matam e exploram outros em seu nome! Ao meu ver, Deus nunca foi, é, ou seria como apregoam...
Que direito tem um ser humano, nascido da mesma maneira de tantos outros,se achar abençoado ou poderoso o bastante para embutir em si poderes tão ilimitados ou divinos e se julgar tão glorioso para mudar o destino das pessoas, angariar fundos em nome de Deus, matar ou mandar para o inferno quem discordar de suas convicções!
Então, percebemos o perigoso jogo de se pertencer a uma casta, partido, associação, grupos ou classe social e de fazer de suas doutrinas verdades absolutas. Qualquer fundador ou membro de qualquer grupo fará de seus seguidores heróis, santos, mestres e demonstrará sem sombra de dúvida e custe o que custar que tem toda razão e de que suas "verdades" são incontestáveis e as outras "verdades" meros enganos da história ou visões distorcidas da "verdade primitiva" - e ninguém sabe como tudo começou -  e de que ele, o fundador, percebeu tal erro e é um abençoado.
E então, começa a festa! Arrecadam-se fundos para manter tal verdade e tal associação. Se tal associação é pobre, irá para as ruas pregar sua doutrina e, se incomodar alguém, é perseguida e dizimada. Mas, se chegar ao poder, ou, se for rica o bastante para fazer um suntuoso "Centro de Aprendizado", sem problemas!
Se arregimentar famosos para sua causa também encurta o caminho para o poder; se ajudar os pobres e fazer filantropia, ás vezes de fachada, também se chega mais rápido ao poder. E quando lá chegam  torna-se a elite que eles tanto criticavam!
Portanto, ninguém é livre pertencendo a algum grupo. Deve-se, claro, mobilizar grupos ou pessoas para se resolver problemas! Mas não para formar castas! E quanto mais membros se recrutam, mais "verdadeiro" se torna o que se prega.
Um dos lemas do nazismo era: repita uma mentira várias vezes que ela se tornará verdade!
Portanto, ser livre é não deixar que ninguém nos moleste com suas "verdades". Estudar as "verdades" como uma forma de se ter uma visão mais ampla dos acontecimentos, tirar o devido proveito e não cometer os mesmos erros é adquirir conhecimento.
Adquirir conhecimento é uma coisa! Ser doutrinado é bem diferente.
Sábio é aquele que pensa, que tira suas próprias conclusões, não os que decoram livros e conceitos.
Um homem livre não precisa pertencer à coisa alguma! Se por ventura pertencer não é livre o bastante para propagar a liberdade!

Fim.
Lucas Durand
Enviado por Lucas Durand em 04/04/2006
Reeditado em 09/12/2008
Código do texto: T133620
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Durand
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
491 textos (377031 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:59)
Lucas Durand