Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA ENTENDER OS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS



Para entender os complicados movimentos que acontecem no mundo é prudente buscar elementos de juízo em mentes que pensam e possuam uma visão ampla das perspectivas humanas.

Recorremos, então, ao pensador GONZÁLEZ PECOTCHE que viveu em Buenos Aires, Argentina, na época da Segunda Grande Guerra. Afirma ele, em vários momentos, referindo-se ao conflito bélico que presenciara:

«Cada dia que passa, cada folha que se desprende da magnífica planta que representa o mundo com suas periódicas transformações, confirma vez por vez a inquestionável verdade de que o que move o homem e a tudo quanto criou sua inteligência, são os pensamentos.»
             
«... os homens em cujas mãos se acham os interesses da humanidade inteira, deverão compreender em seu total alcance a responsabilidade que lhe incumbe nessa tarefa na que concentram todos seus esforços a fim de conseguir que os povos voltem à normalidade animados da melhor boa vontade e do melhor ânimo para reconstruir suas devastadas terras, edificando em cada um de seus países uma obra com miras permanentes, em todos os aspectos em que a vida se desenvolve. Para que isto seja possível haverá que inspirar nos habitantes dos povos afetados plena confiança no porvir, assim o trabalho será fecundo e os resultados, um verdadeiro bem para as gerações do amanhã.»

« Nada se pode fazer de golpe, e muito menos restabelecer a harmonia dos interesses humanos em breve tempo. Haverá, pois, que preparar os ânimos e inclinar-se para o culto da paciência e da tolerância, e por sua vez encaminhar os espíritos para o culto do trabalho, e, sobretudo, para o culto da confiança em um porvir mais auspicioso. ( in Pensamento e obra de Carlos Bernardo González Pecotche - Raumsol (1901 - 1963).
                                                 
Em suas atuações o homem é movido pelos pensamentos. E estes o conduzem aos mais tortuosos lugares e imprevistas situações.

Quais os pensamentos, esses agentes causais do comportamento humano, estariam por traz desses nefastos acontecimentos presenciados aqui neste planeta, nos últimos dias?

Pensamentos de terror, insegurança, ódio e vingança, para não nos estendermos mais.

A normalidade foi afetada em sua estrutura. O que fazer para voltar o homem à normalidade?

Como alimentar a confiança no porvir?

O momento é de reflexão e cautela. Há que se cultivar a paciência e a tolerância.

Que nossos governantes não decidam movidos por pensamentos de revanche e vingança. Que não ajam movidos pelo impulso do momento. Serenem as mentes e contemplem uma razão maior, ou seja, a preservação da raça humana. Somente assim os povos poderão alimentar a esperança em um futuro melhor.

 
 
Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Enviado por Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas em 10/01/2005
Código do texto: T1376
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
39 textos (21186 leituras)
13 e-livros (3291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/16 17:38)
Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas