Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Forças abstratas.

             
   Sonhar é divagar, é conceber o imaterial e torná-lo palpável.
Muitas são as formas de sonhos. Além dos humanos, os animais vertebrados também têm essa capacidade. Embora não podemos saber o que eles vivenciam durante os momentos em que as forças psíquicas se manifestam, vemos os movimentos que os membros executam enquanto dormem.
Se o futuro é um emaranhado de estradas invisíveis, as visões e esperanças ambicionadas trazem luz ao obscuro.No fundo, todo sonhador deseja que seu devaneio lhe traga vantagem.
Sonho primário é aquele que surge ainda na infância, mas é deformado por nascer influenciado por outras opiniões. Os anciãos pendem entre ass aspirações futuras e os momentos retrógrados passeando na recordação dos grandes momentos vividos. Há o sonho adolescente que é ambicioso, inovador, futurístico e que quase sempre se choca com as aspirações adultas. Alguns os têm de maneira ampla, pungente; outros os concebem de forma humilde. Nestes, os sonhos aparecem como falsas verdades, na tentativa de se equipararem em vantagens aos demais. Há aqueles que o visionam como uma previsão; outros, como um mero acaso. Tem-se o sonho projeto, algo que não é sonhado, mas estudado. Os intelectuais assim procedem explorando os acontecimentos inovadores, especulando como eles seriam nos dias vindouros.
Quando se caminha pelas ruas, por entre as grandes construções – paisagistas, arquitetônicas, artísticas -, alguém já perdeu o sono as idealizando. O ambiente onde se mora, a decoração, os utensílios é a materialização do que se desejou e que foi possível conquistar. Nesse contexto, os grandes sonhadores ganharam asas, foram ao espaço. Eles estão em todos os lugares se devotando no firme propósito de colorir o enfadonho tempo que se estende do despertar ao por do sol, nesse materialismo exacerbado em que a moda e o conforto se fazem prioritário roubando a alegria de se renovar. As grandes tragédias e conquistas consumiram dias de planejamentos.
Por ser algo imaterial, toda ilusão pode levar a realização; do contrário, vira frustração e pesadelo. É uma energia que paira no ar até ser concebida e transformada. Os seres humanos, dentro de suas capacidades o fazem; mesmo aqueles que aparentemente nada sonham, trazem no íntimo o desejo ardente de mudança.
Tantas possibilidades acercam o ser humano e cabe a ele compreender e realizar esse projeto que é viver no universo. A vida nada mais é do que a responsabilidade de alternar a realidade; uma grande obra que se revela dia-a-dia e que o homem é a ferramenta de transformação.
 

c/ Ciro do Valle/2006.

 
Ciro do Valle
Enviado por Ciro do Valle em 23/04/2006
Reeditado em 23/04/2006
Código do texto: T143821
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ciro do Valle
Salesópolis - São Paulo - Brasil
99 textos (5150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:42)
Ciro do Valle