Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Lição do Papa

O Papa João Paulo II, nobre homem dirigente da Igreja Católica, durante a revelação do terceiro segredo de Fátima, pediu para que os homens não se afastem de Deus, conforme narrou Cid Moreira na reportagem do Fantástico.

Eis uma lição formidável! Pela liderança que o Papa exerce em todo o planeta, pelos exemplos de homem bom que sempre testemunhou em seus anos de exercício junto à liderança católica, porém não ficando apenas no âmbito da Igreja, mas indo de encontro a todos os homens com suas lições e exemplos de fé, coragem e determinação, este pedido tem a força de despertar os homens para esta importante necessidade social e individual.

Na verdade, os extremos da atualidade, onde a violência e a miséria imperam com crueldade, trazendo um quadro de inquietude e sofrimento especialmente para as classes mais pobres da população, nada mais são que o resultado desta falta de amor... E a falta de amor é a ausência de Deus nos corações. Tem razão nosso João Paulo II em fazer este pedido. E o faz em boa hora, nestes instantes de tantas dificuldades humanas.

Imaginem os leitores quando o centro nervoso da economia brasileira, a Avenida Paulista, estiver impregnada de amor. Acabam a fome, a falta de moradia, o desemprego, a violência, os extremos sociais. Quando o Palácio do Planalto estiver impregnado de amor ...

Vivem os homens impregnados do imediatismo, na satisfação imediata dos prazeres materiais, preocupados em acumular, em tirar proveito, esquecendo os valores da fraternidade, enxotando o amor do coração.

Quando penso no valor do Cristo, valor máximo do ser mais perfeito que pisou neste planeta, quase não reconhecido pelos homens, inclusive pelos próprios discípulos, maltratado, preso e crucificado... por amor aos homens ..., fico a ponderar nas medíocridades que nos envolvemos por esta distância que nos colocamos de Deus!

Às vezes perguntam-me: "Vocês são cristãos?, Seguem o Cristo?" Sim, caros leitores, somos seguidores da Doutrina Cristã. Jesus é o modelo a que somos convidados a seguir.

Mas, todos nós, os cristãos da atualidade, estamos distantes ainda da proposta cristã, embora as religiões a que nos vinculamos ensinem esta postura. Isto porque, interiormente ainda alimentamos egoísmo, esquecemos o amor que Ele trouxe e nos distanciamos de Deus.

Por isso, independente de religião, o convite advertência de João Paulo II precisa ser lembrado e fazer eco em cada um de nós. É a única maneira de alterarmos o triste panorama social vigente.

Isto cabe individualmente, na postura de cada um. Mas cabe também coletivamente, nos governos em qualquer esfera, nas religiões, nas nações, nas cidades, nas famílias...

Já é tempo de sermos aquilo que falamos ser.
Orson
Enviado por Orson em 10/05/2006
Código do texto: T153699
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Orson
Matão - São Paulo - Brasil, 56 anos
298 textos (94306 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:41)